MENU

09/10/2020 às 23h43min - Atualizada em 09/10/2020 às 23h43min

No que a tecnologia ajuda a recuperação de pessoas viciadas?

Recuperação de Dependentes

Portal de Clínicas - Fernando
portalderecuperacao.com.br/
portalderecuperacao.com.br/

Segundo levantamento realizado pelo escritório das Nações Unidas, o consumo de drogas no Brasil está aumentando, enquanto nos demais países emergentes há uma tendência de queda. Diante disso, muitas pessoas se questionam sobre como a tecnologia pode ajudar na recuperação de pessoas viciadas.

Essa dúvida é compreensível, tendo em vista a grande popularização do acesso à internet e aos smartphones. Se por um lado há escassez na oferta de leitos para um tratamento profissional gratuito aos dependentes, por outro há um número surpreendente de 110 milhões de pessoas conectadas.

Pensando nisso, diversos desenvolvedores de aplicativos têm lançado plataformas para auxiliar na reabilitação de viciados em drogas ou álcool. Um dos exemplos mais célebres é o do app BeOk, desenvolvido por duas pesquisadoras da Universidade de São Paulo.

Continue acompanhando e saiba mais sobre essa e outras alternativas.


 

Aplicativos para a recuperação de pessoas dependentes

Antes de mais nada, é importante ressaltar que os aplicativos para dependentes químicos e alcoólatras não substituem a necessidade de tratamento presencial. A tecnologia é uma auxiliar poderosa na recuperação de pessoas viciadas, mas o acompanhamento médico e multidisciplinar para uma desintoxicação efetiva é indispensável.

O grande objetivo dos apps é ajudar na manutenção da abstinência. Porém, seu papel não pode ser confundido com o das clínicas de reabilitação propriamente ditas.

Somente um profissional qualificado é capaz de diagnosticar o nível de dependência química e propor um tratamento adequado às demandas de cada paciente. Conforme o processo avança em suas mais diversas etapas, aí sim a tecnologia tende a contribuir para a recuperação e sobriedade do indivíduo.

Tendo essa primeira ressalva em mente, vejamos a lista com alguns dos apps que têm sido de grande ajuda para pessoas viciadas.


 

1. BeOk

Idealizado e desenvolvido por pesquisadoras do Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, esse é um aplicativo gamificado para ajudar dependentes químicos 24/7 com embasamento científico. Ele conta com funcionalidades como diário de consumo da droga, vídeos de orientação, quizzes, metas de tratamento, estatísticas de evolução e um botão de pânico para evitar recaídas.


 

2. Socorre.me

Desenvolvido por um ex viciado, esse aplicativo indica para o usuário locais onde ele não deve passar ou circular por serem pontos de consumo ou venda de drogas, sejam elas lícitas ou ilícitas. Além disso, contribui com a parte motivacional no tratamento do dependente.


 

3. Anonymo

As pessoas viciadas geralmente se preocupam com a exposição ao longo do tratamento. Por isso, de maneira anônima, elas podem contar com dicas de exercícios, mensagens motivacionais e outros recursos desenvolvidos não apenas para drogados, como também para quem tem problema com bebidas, sexo, jogos, comida e relacionamentos tóxicos.


 

Outras soluções tecnológicas para auxiliar na recuperação de viciados

A tecnologia é uma excelente aliada na reabilitação de dependentes. Contudo, ela é mais bem aplicada quando há a orientação de profissionais que conduzem um tratamento sério e qualificado.

Para que você possa ter acesso as melhores soluções tecnológicas que sejam ideais para o seu caso, não hesite em procurar por ajuda em clínicas especializadas.
 

Portal de Clínicas de Recuperação, busca através de profissionais gabaritados trazer ao leitor matérias explicativas para saber lidar com esta terrível doença que assola todo mundo, onde você também encontrará diversos tipos e unidades de tratamento para fazer uma internação ou buscar apoio profissional.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Onde realizar o tratamento de dependentes químicos?

0%
4.5%
95.5%
Podemos Ajudar?