MENU

28/08/2020 às 16h22min - Atualizada em 28/08/2020 às 16h22min

Como tirar a vontade de usar drogas?

Guia de Clínica - Fernando
https://guiadeclinica.com.br/
guiadeclinica.com.br


Restringir o consumo da droga não é recomendado e pode até oferecer risco à saúde da pessoa em casos mais graves e vem sempre a mesma pergunta como tirar a vontade de usar drogas?

O processo de desintoxicação do organismo de um dependente químico ou alcoólatra não é simples.

O consumo recorrente de drogas faz com que o organismo se torne mais resistente a essa substância. Assim, à medida em que os efeitos de curto prazo duram menos, o dependente passa a querer usar cada vez mais droga para prolongar essas sensações.

Quanto tempo demora a recuperação

É necessário um acompanhamento do indivíduo por, pelo menos 6 meses, podendo demorar de 1 a 5 anos o tempo de acompanhamento da pessoa, dependendo da adesão ao plano de tratamento individual.

Nos primeiros 6 meses a equipe de tratamento tenta deixar a pessoa completamente livre das drogas, sempre trabalhando diversos aspectos para evitar uma recaída, e para que a pessoa possa reconstruir sua vida. Nos meses seguintes, o acompanhamento visa fortalecer novas atitudes e empoderamento.

Assim, durante essa fase, a ingestão dessa substância química deve ocorrer em doses gradualmente menores até a completa desintoxicação por completo.

Esse processo pode gerar alguns efeitos colaterais, como o aparecimento de sintomas que antes estavam mascarados pelo uso da substância.

Remédios contra drogas

Os remédios para tratar o vício por drogas devem ser usados apenas com supervisão, 24 horas por dia, 7 dias por semana, para que a pessoa realize o tratamento corretamente e reduza os sintomas de abstinência.

Inicialmente, para combater a "fissura", que é o desejo iminente de usar a droga, podem ser usados remédios ansiolíticos e antidepressivos, por exemplo.

Os remédios contra o uso de drogas variam de acordo com a droga que está causando o vício:

  • Maconha: Fluoxetina e Buspirona, que tentam reduzir os sintomas de abstinência;
  • Cocaína: Topiramato e Modafinil, por exemplo, embora existam vários medicamentos que podem ser usados;
  • Crack: Risperidona, Topiramato ou Modafinil, que tentam amenizar os sintomas de abstinência;
  • Heroína: Metadona e Naloxona, que atuam no cérebro alterando o sistema de recompensa e prazer.

Além desses, é comum que sejam indicados outros remédios antibióticos e antivirais para combater os problemas de saúde que o usuário possa ter, como tuberculose, pneumonia, HIV ou sífilis, por exemplo.

Nesse sentido, depressão e outros transtornos mentais podem acometer um indivíduo em tratamento. Por isso, pode ser necessário administrar medicamentos para combatê-los.

Frequentar um grupo de autoajuda como Narcóticos Anônimos, pode ser útil para que a pessoa divida suas dores com outras na mesma situação.

O tratamento para parar de usar drogas deve ser iniciado quando a pessoa apresenta dependência química que coloca em risco sua vida e traz danos para ela própria e seus familiares. O essencial é que a pessoa queira parar de usar a droga e se tratar, pois a força de vontade é o ingrediente mais importante para que a equipe de saúde e os familiares consigam ajudar a largar o vício.

Pode ser indicado procurar um CAPS ou um internamento numa clínica especializada, que garantem que durante esse período não existe contato com qualquer droga, à exceção dos medicamentos indicados para o tratamento. 

O internamento pode ser parcial, ou seja ser apenas durante o dia, ou integral, onde a pessoa apenas sai quando estiver completamente recuperada.

Este tipo de tratamento para tirar a vontade de usar drogas está indicado para pessoas que utilizam com muita frequência que causam dependência física e/ou psicológica, como:

  • Cocaína;
  • Heroína;
  • Crack;
  • Maconha;
  • Ecstasy;
  • LSD.

O internamento para tratar o vício por drogas pode acontecer de forma voluntária, quando a própria pessoa quer iniciar o tratamento, ou pode ser involuntário quando são os familiares que fazem um pedido ao médico para internar a pessoa contra a sua vontade, especialmente quando existe um risco elevado contra a sua vida e das pessoas que a rodeiam, no entanto, os internamentos involuntários têm sido cada vez menos recomendados e utilizados.

O importante é que o paciente tenha em mente que o processo pelo qual ele passou requer uma mudança de estilo de vida e fazer em nossas clínicas de recuperação de drogas um tratamento completo e eficente.

O ideal é que ele se afaste do convívio com pessoas que consomem drogas de qualquer tipo para evitar o contato com essas substâncias.

Fonte: www.guiadeclinica.com.br

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Onde realizar o tratamento de dependentes químicos?

0%
8.3%
91.7%
Podemos Ajudar?