MENU

06/09/2020 às 16h52min - Atualizada em 06/09/2020 às 16h52min

O que caracteriza um usuário e quais são os tipos?

Projeto Brasil em drogas - Fernando
https://www.projetobrasilsemdrogas.com.br/
https://www.projetobrasilsemdrogas.com.br/


Desde os tempos mais remotos, o ser humano faz uso de substâncias psicoativas, muitas delas disponíveis na própria natureza. No entanto, observamos diferentes significações para a ingestão de tais entorpecentes em cada grupo, desde motivos religiosos até o uso recreativo.

E na nossa sociedade? O que caracteriza um usuário e quais são os tipos?

Bem, esses questionamentos são complexos e podem envolver uma série de fatores dependendo da conjuntura. Mesmo assim, conseguimos identificar alguns padrões recorrentes.

É muito importante estar atento a esses parâmetros de classificação de usuários, embora eles não sejam únicos. O objetivo principal é como identificar o dependente. Além, é claro, de saber o momento e o jeito certo de interferir na situação e de auxiliá-lo a abandonar o vício.

Acompanhe, na sequência, o que caracteriza um dependente químico e quais são os tipos mais frequentes.

 

1. Usuário eventual

 

O usuário eventual, como a própria denominação já entrega, é aquele que faz uso de drogas somente de vez em quando. Ele tende a fazer isso em festas ou nos fins de semana.

No geral, é uma pessoa que tem curiosidade, sofre influência de um grupo, tem espírito de aventura ou simplesmente consegue usar a droga recreativamente sem se tornar viciado. Todavia, esse quadro pode evoluir para uma ingestão mais severa e frequente da substância.

Um fator decisivo para permanecer nesse tipo de classificação por mais tempo é o tipo de entorpecente consumido. Se for álcool, maconha ou haxixe, é possível que consiga manter o “barato” eventual.

Porém, se for cocaína, heroína ou outro estimulante, o corpo exigirá quantidades cada vez maiores para obter os mesmos efeitos. Esse é um prato cheio para a fissura e a dependência.

 

2. Usuário dependente

 

Caso venha a se tornar um usuário regular e frequente da droga, não conseguindo passar mais do que 1 a 2 dias sem consumi-la, a pessoa se torna um usuário dependente. Esse tipo de usuário sofre impactos físicos e psicológicos se tenta ficar sem a substância, não importa de qual seja.

 

3. Usuário crônico

 

O usuário crônico usa droga todos os dias, inclusive mais de uma vez ao dia. Pouco a pouco, a substância se torna a razão da vida dele, criando uma situação compulsiva.

Por desenvolver tolerância, as doses serão cada vez maiores. Sem a ajuda profissional adequada, esse tipo de usuário de drogas dificilmente conseguirá se libertar do vício.

 

4. Usuário traficante

 

Para finalizar a nossa lista sobre o que caracteriza um usuário e quais são os tipos mais comuns existentes, temos a pessoa que além de consumir também trafica entorpecentes. Em alguns casos, ele adentra esse tipo de negócio justamente para conseguir sustentar o vício. Em outros, é pressionado pela sua condição socioeconômica.

Mais uma vez, a situação é grave. Afinal de contas, há diversos agravantes para que ele continue nesse meio. É de extrema importância a oferta de políticas públicas para a reabilitação e reinserção dessas pessoas na sociedade.

Essas foram as informações de hoje. Até a próxima!

Fonte: www.projetobrasilsemdrogas.com.br

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Onde realizar o tratamento de dependentes químicos?

0%
8.3%
91.7%
Podemos Ajudar?