MENU

05/09/2020 às 19h52min - Atualizada em 05/09/2020 às 19h52min

Sintomas de quem usa crack

Projeto Brasil em drogas - Fernando
https://www.projetobrasilsemdrogas.com.br/
https://www.projetobrasilsemdrogas.com.br/


O consumo de crack se tornou significativo no Brasil pois essa é uma droga barata e acessível. No entanto, seus efeitos são devastadores. Logo mais estarão alguns dos sintomas de quem usa crack para que você saiba como identificar um dependente.

Vale mencionar, antes de mais nada, que os efeitos do crack no sistema nervoso central são estimulantes e perigosos. Ele é menos puro do que a cocaína, pois a sua produção é realizada a partir dos resíduos da fabricação do pó.

Embora muito intensos, os resultados da ingestão da “pedra” duram pouco. É exatamente esse um dos motivos que tornam o crack tão viciante. O intervalo de tempo entre uma dose e outra é curto, dando início a um ciclo de compulsão.

Veja nos tópicos a seguir como identificar um usuário. Elencamos 5 dos principais sintomas de quem usa crack.

 

1. Redução de peso

 

Quem usa crack tende a mudar radicalmente os seus hábitos alimentares. O estímulo da droga reduz a fome, o que leva a uma perda de peso bastante expressiva em um curto espaço de tempo.

Usuários que consomem crack diariamente podem emagrecer cerca de 10 quilos em um único mês. Junto dessa condição vem a fadiga mental, a desnutrição e a fraqueza física.

 

2. Alterações no sono

 

Outro item frequente entre os sintomas de quem usa crack é a perda de sono enquanto a pessoa está sob efeito da substância. Por outro lado, nos períodos de abstinência ela fica extremamente sonolenta.

 

3. Queimaduras no rosto e nas mãos

 

O crack é consumido habitualmente em cachimbos improvisados. É necessário fazer o uso de altas temperaturas para derreter a pedra e poder inalar a fumaça proveniente da combustão.

Por conta disso, os dependentes químicos costumam ter sinais de queimadura nas mãos e até mesmo no rosto. O entorno na boca também fica ressecado e a dentição prejudicada.

 

4. Mudança de comportamento

 

Qualquer droga, quando inserida de maneira muito intensa no dia a dia de alguém, traz consequências para o comportamento. O usuário perde o interesse nas suas atividades normais, tais como os estudos e o trabalho.

Os familiares e amigos percebem facilmente que há uma mudança de hábitos. Ela incluir mentiras e chantagens.

 

5. Sinais de paranoia

 

Dentre os sintomas de quem usa crack ainda está a paranoia. Hábitos incomuns, tais como ficar trancado falando sozinho ou abrir e fechar as janelas de maneira impulsiva são alguns exemplos.

Mania de perseguição, alucinações, ataques de ansiedade e pânico também podem se manifestar. O humor pode ficar comprometido e bipolar, alternando estados de agitação e de apatia.

 

Se você ou alguém próximo está apresentando esses sintomas, é imprescindível buscar amparo na medicina e nos tratamentos oferecidos pelas clínicas de reabilitação. O quanto antes for tomada uma atitude, maiores serão as chances de remissão do vício.

Há modalidades de internação voluntária e involuntária, além da compulsória. Entre em contato com uma instituição especializada e tire as suas dúvidas. Na dúvida, entre em contato conosco e podemos sugerir uma clínica próxima e de confiança.

Fonte: www.projetobrasilsemdrogas.com.br

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Onde realizar o tratamento de dependentes químicos?

0%
9.4%
90.6%
Podemos Ajudar?