MENU

16/09/2021 às 06h25min - Atualizada em 16/09/2021 às 06h25min

Como fazer uma pessoa parar de beber pinga?

Remédios para parar de beber

Portal de Recuperação - Fernando
Portal de Recuperação
Como fazer uma pessoa parar de beber pinga? Ao redor do mundo, estima-se que 230 milhões de homens e 48 milhões de mulheres sofram com os problemas relacionados ao consumo excessivo de bebidas alcoólicas.
 

O alcoolismo é uma doença progressiva que atinge uma parcela significativa da população. Segundo dados fornecidos pela Organização Mundial da Saúde, 3,3 milhões de pessoas morrem anualmente devido às consequências do uso de álcool.

Diante das estatísticas, é preciso tomar providências para reduzir os impactos causados pelo vício. Mas o que podemos fazer para ajudar alguém a se livrar do álcool? Confira a seguir, algumas informações para ajudar uma pessoa a parar de beber pinga!

Busque informação

Busque informações sobre o que é alcoolismo, quais são os sintomas e as dificuldades que a pessoa que sofre com esse problema enfrenta, como é feito o tratamento, entre outras coisas. Isso irá te ajudar a estar mais embasado no momento de conversar com o dependente do álcool.
 

Seja positivo nas palavras

É muito comum que as famílias apontem as falhas do alcoolista e as consequências do consumo exagerado de bebida alcoólica, porém é necessário celebrar os esforços e as conquistas que a pessoa alcançou, sendo fundamental também apontar os pontos positivos de quem está tentando melhorar.

Faça atividades mostrando prazer nas coisas

Podem ser atividades físicas e de lazer, com o objetivo de gerar divertimento e prazer sem a presença do álcool. Isso ajuda a pessoa alcoólatra a compreender que é possível se divertir sem necessariamente precisar usar drogas ou álcool para isso.

Não ameace o alcoólatra

Não ameace internar em uma clínica, abandonar, expulsar de casa ou desistir da pessoa. Fale apenas o que você realmente vai cumprir e evite fazer isso no momento em que o indivíduo está embriagado, pois não surtirá efeito.

Ajude e estimule a procurar ajuda especializada

Ofereça-se para buscar por bons profissionais ou clínicas de recuperação. Você também pode acompanhar seu ente querido, caso ele queira companhia para conhecer opções de clínicas. Se houver uma recaída, entenda que faz parte do tratamento e ajude a pessoa a se recuperar sem julgamentos.
 

4 remédios para parar de beber pinga

1. Dissulfiram

O dissulfiram é remédio indicado para o tratamento do alcoolismo crônico e age inibindo as enzimas que decompõem o álcool e que transformam o acetaldeído, um produto intermédio do seu metabolismo, em acetato, que é uma molécula que o organismo consegue eliminar.

Este processo leva ao acúmulo de acetaldeído no organismo, responsável pelos sintomas da ressaca, fazendo com que a pessoa tenha sintomas como vômitos, dor de cabeça, pressão baixa ou dificuldade para respirar, sempre que ingere bebidas alcoólicas, fazendo com que deixe de beber.

Como usar: a dose inicial recomendada é de 2 comprimidos de 250 mg por dia em dose única nas primeiras 1 ou 2 semanas de tratamento. Após essa fase, a dose do dissulfiram pode ser alterada pelo psiquiatra para 125 mg ou até no máximo 500 mg por dia.

2. Naltrexona

A naltrexona, ou cloridrato de naltrexona, é indicado para parar de beber pois age inibindo estruturas no cérebro responsáveis pela sensação de prazer ao se consumir bebidas alcoólicas e, desta forma, a pessoa deixa de sentir os efeitos agradáveis do álcool, fazendo que diminua a vontade de beber.

Como usar: a dose recomendada é de 1 comprimido de 50 mg ao dia, por até 12 semanas de tratamento, conforme orientação médica.

3. Acamprosato

O acamprosato é um remédio que age restaurando o equilíbrio de substâncias químicas no cérebro, como o glutamato, que é produzido em maior quantidade devido ao uso crônico do álcool, reduzindo os sintomas de abstinência, permitindo à pessoa deixar de beber com mais facilidade.

Como usar: a dose recomendada para adultos com menos de 60 Kg é de 2 comprimidos de 333 mg pela manhã, 1 comprimido à tarde e 1 à noite. Já para adultos com 60 kg ou mais, a dose recomendada é de 2 comprimidos de 333 mg pela manhã, 2 à tarde e 2 à noite.

4. Nalmefeno

O nalmefeno é um remédio para parar de beber que age regulando substâncias no cérebro responsáveis pelo impulso e vontade de consumir bebidas alcoólicas, além de diminuir o efeito calmante, sedativo e depressivo do álcool, sendo indicado para reduzir o consumo de álcool em pessoas com dependência alcoólica.

Como usar: a dose recomendada do nalmefeno é de 1 comprimido de 18 mg por dia, conforme orientação médica.

Medicamento natural para parar de beber

Um medicamento natural para parar de beber é o Anti-Álcool, um remédio homeopático à base da planta amazônica Spiritus Glandium Quercus, que diminui o desejo de beber, pois provoca efeitos colaterais severos como dores de cabeça, náuseas ou vômitos no indivíduo, quando ingerido juntamente com álcool.

A dose recomendada é de 15 gotas, que podem ser colocadas na comida, sucos ou até mesmo na bebida alcoólica. Mas um cuidado importante é que ele não deve ser tomado juntamente com café, pois a cafeína corta o seu efeito.

Remédio caseiro para parar de beber

Um remédio caseiro que pode auxiliar o tratamento do alcoolismo, é a sopa de sementes pretas de gergelim, amoras e arroz, que fornece nutrientes, principalmente vitaminas do complexo B, que ajudam a reduzir os sintomas de abstinência de álcool.

Ingredientes

  • 3 xícaras de água fervente;
  • 30 g de arroz;
  • 30 g de amoras;
  • 30 g de sementes pretas de gergelim;
  • 1 colher de chá de açúcar.

Modo de preparo

Moer as sementes pretas de gergelim e o arroz até ficar um pó fino, misturar as amoras e adicionar a água. Colocar no fogo e cozinhar por 15 minutos, desligar e acrescentar o açúcar. Esta sopa pode ser tomada duas vezes ao dia, quente ou fria.

Para parar de beber é importante que a pessoa queira efetivamente curar-se e decida fazer o tratamento, pois a utilização irregular dos remédios, juntamente com a ingestão de bebidas alcoólicas, pode agravar ainda mais a situação.

Além disso, é importante fazer acompanhamento com psicólogo de uma clínica de recuperação especializada para identificar a causa da compulsão por bebidas alcoólicas e adotar atitudes que possam ajudar a diminuir o consumo do álcool.


Uma intervenção deve ser planejada com antecedência, para que todos saibam o que dizer, você tenha opções de tratamento disponíveis e você tenha decidido sobre consequências específicas no caso de ele não aceitar tratamento ou ajuda.

Um programa de tratamento para distúrbios do uso de álcool pode ser benéfico, fornecendo aconselhamento e terapias, assistência médica e estratégias e planejamento para fazer mudanças reais e duradouras que possam ajudar a manter sua família unida.

 

Acesse nosso site: www.clinicasderecuperacao.net 
FALE CONOSCO: 
(11)94797-6909


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Onde realizar o tratamento de dependentes químicos?

0%
10.5%
89.5%
Podemos Ajudar?